Estudo Bíblico para Senhoras – 24/07/2013

ESTUDOS BIBLICOS PARA SENHORAS – 24/julho/2013

            – ASSUNTO: A OBRA COMO HERANÇA

            – TEXTO FUNDAMENTAL: I SAMUEL 1:27-28

ATIVIDADES

1.      FALAR SOBRE A EXPERIENCIA DE ANA AO RECONHECER QUE SAMUEL ERA A HERANÇA RECEBIDA DE DEUS, CONFORME I SAMUEL 1:27-28.
2.      FAZER A APLICAÇÃO PROFÉTICA.

 

LEITURA DO TEXTO: – I Samuel 1:27-28 – (JFA-ERC-1995)

“Por este menino (a Obra gerada) orava eu; e o SENHOR me concedeu (uma dádiva/herança de Deus) a minha petição que eu lhe tinha pedido. Pelo que também ao SENHOR eu o entreguei (a transmissão da herança), por todos os dias que viver; pois ao SENHOR foi pedido (Samuel representa uma herança recebida do Senhor, para ser preservada por todos os dias de nossas vidas e essa herança é todo o motivo que temos para viver). E ele (Elcana) adorou ali ao SENHOR.”

(Os textos usados neste estudo foram extraídos da Tradução de João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Corrigida, versão 1995)

NOTAS:

  1. A sugestão a seguir servirá para facilitar a composição da mensagem a ser elaborada pela irmã responsável pela Palavra no dia da reunião.
  2. Recomendamos que seja lida toda a passagem bíblica do assunto sugerido;
  3. É importante fazer a aplicação profética na vida da igreja ou das irmãs.

INTRODUÇÃO

O GESTO DE ADORAÇÃO DE ANA

O gesto de adoração de Ana em Siló, junto com Elcana, seu marido, consistia no reconhecimento dela quanto a uma dádiva de Deus à sua vida de algo que representava para ela toda a alegria de seu coração.

O próprio nome dado à criança, Samuel, que significa: “ao Senhor foi pedido” era a prova de que aquele bem, concedido por Deus, era uma herança única vinda da parte do Senhor. O final do verso 19 confirma isso dizendo: “…e o Senhor se lembrou dela”.

 

RECONHECIMENTO DE ANA DE QUE SAMUEL ERA A HERANÇA RECEBIDA DE DEUS, CONFORME I SAMUEL 1:27-28.

Esse reconhecimento Ana expressa na sua adoração a Deus diante do Sacerdote Eli, dizendo:

  1. Por este menino orava eu. (vs. 27a)

A geração de Samuel para Ana custou-lhe lágrimas derramadas diante do Senhor que traduziam a amargura da sua alma e a aflição de uma serva de Deus (vs. 10e11). Ana insistia ano a ano na sua petição por Samuel, pois isso envolvia um pedido de uma solução para Ana de um sério problema familiar. No pedido ao Senhor ela fez um voto, ou seja, um compromisso que foi a entrega dele ao Senhor todos os dias. (vs.11).

APLICAÇÃO PROFÉTICA:

A Obra de Deus para ser gerada em nossos corações tem nos custado também o derramamento das nossas lágrimas aos pés do Senhor. Lágrimas que traduzem às vezes amargura da nossa alma e aflições pelas quais passamos como servas do Senhor. Seja para solução de um problema no lar, na profissão, etc, é preciso insistir nas nossas súplicas ao Senhor até que venha a resposta que necessitamos.

  1. E o Senhor me concedeu a minha petição que lhe tinha pedido (vs. 27b)

Alguns aspectos envolvem a ação do Senhor para conceder a resposta à petição de Ana:

a)      Seu coração quebrantado diante de Deus (vs. 15);

b)      A certeza que lhe foi dada no Templo que o Deus de Israel atenderia a sua petição. (vs. 17);

c)      O Senhor se lembrou dela. (vs. 19b).

APLICAÇÃO PROFÉTICA:

Quando derramamos a nossa alma perante o Senhor através das nossas suplicas, sabemos com certeza que o Senhor não despreza o coração quebrantado e contrito. (Salmo 51:17). Quando trazemos os nossos problemas ao “corpo”, o Senhor sempre usará alguém para nos assegurar pelos dons espirituais que a nossa oração será ouvida. Mesmo quando estamos voltados para os nossos afazeres diários da nossa vida secular, o Senhor estará sempre se lembrando das orações que Lhe temos feito.

 

  1. Pelo que também ao Senhor o entreguei: (vs. 28a)

A entrega de Samuel ao Senhor era, para Ana, um reconhecimento que de fato aquela herança tinha vindo do Senhor. Era uma expressão de gratidão que já estava no seu coração ainda no momento do pedido a Deus (vs. 11).

 APLICAÇÃO PROFÉTICA:

Sempre que pedimos a Deus algo que sendo-nos concedido isso resultará em que o nome do Senhor será glorificado em nossas vidas, essa petição o Senhor jamais deixará de conceder. Ao pedir algo ao Senhor devemos dizer: “Senhor, se for glorificar o teu nome na minha vida…”. “Se isso for para o bem da tua Obra na minha vida…”. São orações que movem o coração de Deus, pois o Seu nome será glorificado na resposta.

A expressão: “Por todos os dias em eu viver”, significa que a herança que recebemos de Deus é um bem único que Ele nos dá, para que a Obra de Deus permaneça viva em nós todos os dias de nossas vidas.

Top