Estudos Bíblicos para Jovens e Obreiros – 16/11/2013

ASSUNTO: Doutrina dos Dons Espirituais no Novo Testamento
TEXTO FUNDAMENTAL: I Coríntios 12:8-10

Dentre os dons citados em I Coríntios 12:8-10, estão os dons de curar e a operação de maravilhas.

Identificar e comentar textos nos evangelhos que mostram esses dois dons no ministério do Senhor Jesus.
Comentar qual o sentido profético de cada um deles.

(Os textos usados neste estudo foram extraídos da Tradução de João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Corrigida, versão 1995)

 

INTRODUÇÃO

A existência dos dons espirituais na igreja é o resultado do cumprimento da profecia do profeta Joel, citada por Pedro em Atos 2:17. “E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne;”. Esses últimos dias começaram no pentecostes. ERA A TERCEIRA HORA DO DIA (Atos 2:15)
No VT o Espírito Santo era dado sob medida, a um profeta ou um servo de Deus aqui e ali. Mas agora é derramado sobre toda a carne que significa: sobre toda a congregação. Por isso não é mais dado sob medida, mas derramado sem medida. 
Quando o Espírito Santo foi derramado sobre a igreja, ela começou a ver a manifestação do Espírito Santo na vida da igreja. Era uma operação direta. Era o resultado da operação do Espírito Santo na vida da igreja. O propósito dos dons é a edificação da Igreja.

Como se chama essa manifestação do Espírito Santo na vida da igreja? 
DONS ESPIRITUAIS. Os dons que Paulo cita são o resultado dessa operação. 

É no Novo Testamento que temos que esta doutrina é manifestada de forma mais abundante, porque o Espirito Santo foi derramado sem medida sobre a igreja, capacitando a igreja a ter os dons espirituais. É o apostolo Paulo quem vai afirmar para a igreja que os dons espirituais são para seres usados naquilo que for útil ao “Corpo”, para a edificação do corpo de Cristo. (I Cor. 12:7)

 

DONS CITADOS POR PAULO EM I CORÍNTIOS 12:8-10:
SABEDORIA, CIENCIA, FÉ, DONS DE CURAR, MARAVILHAS, PROFECIA, DISCERNIMENTO DE ESPÍRITOS, LINGUAS ESTRANHAS, INTERPRETAÇÃO DE LÍNGUAS.

OS DONS DE CURAR E A OPERAÇÃO DE MARAVILHAS.
1 Coríntios 12:9-10 – 
“9 (…) e a outro, pelo mesmo Espírito, OS DONS DE CURAR; 
10 e a outro, A OPERAÇÃO DE MARAVILHAS; (…)”.

 

1. IDENTIFICAÇÃO E COMENTÉRIO DE TEXTOS NOS EVANGELHOS QUE MOSTRAM ESSES DOIS DONS NO MINISTÉRIO DO SENHOR JESUS.

NOTA: Todas as curas e maravilhas que o Senhor Jesus operou têm um caráter profético que aponta para aquilo que o Espirito Santo realiza no meio da igreja.

A) DONS DE CURAR
TEXTO DE: LUCAS 8:43 – a cura da mulher do fluxo de sangue
TEXTO DE: MARCOS 3:5 – a cura do homem da mão mirrada
E, olhando para eles em redor com indignação, condoendo-se da dureza do seu coração, disse ao homem: Estende a tua mão. E ele a estendeu, e foi-lhe restituída a sua mão, sã como a outra.

COMENTÁRIO – O homem era frequentador de Sinagoga, mas possuía uma das mãos mirradas e, portanto, sua participação naquela sinagoga era por certo limitada. Ter sido chamado para o meio pelo Senhor Jesus era uma prova de que ele estava nas extremidades dos bancos da sinagoga, enquanto Jesus estava no centro dela. Posição de quem não estava integrado. Estender a mão para ser curado era a sua disposição de enfrentar todos os argumentos contrários àquela cura, mas ele o fez porque confiava no poder do Senhor Jesus.

SENTIDO PROFÉTICO:
Dom de curar integrando o obreiro ao corpo. A experiência com Jesus traz o membro arredio para o centro das atividades. A mão fala do ministério. A mão mirrada é o ministério que não recebe mais o comando da cabeça. Estender a mão é a disposição de trabalhar para a Obra do Senhor.

TEXTO DE: MARCOS 10:46 – a cura do cego Bartimeu
“Depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto ao caminho, mendigando”.

COMENTÁRIO – O cego Bartimeu, à beira do caminho mendigando. Ele clamou: Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim. Jesus perguntou o que ele queria, e ao ouvir que queria ver, disse-lhe: Vê. E ele viu e passou a seguir a Jesus pelo caminho. 

SENTIDO PROFÉTICO:
É o tipo do homem que conhece a Jesus, mas está parado no caminho e por isso não vê. Tem muita religiosidade, conhece Bíblia, mas não teve uma experiência de Jesus se revelar a ele.

 

 

B) OPERAÇÃO DE MARAVILHAS
TEXTO DE: JOÃO 2:8-10 – As bodas de Caná da Galiléia

TEXTO DE: JOÃO 6:11 – A multiplicação dos pães

TEXTO DE: JOÃO 11:43-44 – A ressurreição de Lázaro
“E, tendo dito isso, clamou com grande voz: Lázaro, vem para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto, envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o e deixai-o ir”.

COMENTÁRIO – Lázaro estava já morto há quatro dias. Jesus o chamou da morte para a vida. Ao sair do túmulo estava ainda com as marcas da sepultura. 

SENTIDO PROFÉTICO:
A maior de todas as maravilhas: o homem que passa da morte para a vida. A salvação no Senhor Jesus garante vida eterna. Chamar Lázaro da morte para a vida fala da salvação como um ato, mas desligar-lhe as faixas dos pés e das mãos, bem como retirar o lenço do seu rosco, fala de salvação como processo.

 

Top
Leia o post anterior:
Estudo para CIA – 17/11/2013

Introdução O apóstolo Paulo pastoreava muitas igrejas e conhecia muita gente. Ele era interessado em ajudar, animar os servos do...

Fechar