Estudos Bíblicos para Senhoras – 14/08/2013

ESTUDOS BIBLICOS PARA SENHORAS – 14/agosto/2013

– ASSUNTO: A HERANÇA PROFÉTICA

– TEXTO FUNDAMENTAL: GÊNESIS CAPÍTULO. 27

 

ATIVIDADES

 

1.     FALAR SOBRE AS AÇÕES DE REBECA NO PREPARO DO ALIMENTO OFERECIDO POR JACÓ AO PAI, CONFORME GÊNESIS 27:8-9.

2.     FAZER A APLICAÇÃO PROFÉTICA.

LEITURA DO TEXTO: – Gênesis 27:8-9 – (JFA-ERC-1995)

“Agora, pois, filho meu, ouve a minha voz naquilo que eu te mando. Vai, agora, ao rebanho e traze-me de lá dois bons cabritos; e eu farei deles um guisado saboroso para teu pai, como ele gosta; e levá-lo-ás a teu pai, para que o coma e para que te abençoe antes da sua morte.”

 

(Os textos usados neste estudo foram extraídos da Tradução de João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Corrigida, versão 1995)

NOTAS:

1.     A sugestão a seguir servirá para facilitar a composição da mensagem a ser elaborada pela irmã responsável pela Palavra no dia da reunião.

2.     Recomendamos que seja lida toda a passagem bíblica do assunto sugerido, para melhor compreensão do assunto;

3.     É importante fazer a aplicação profética na vida da igreja ou das irmãs.

INTRODUÇÃO

REBECA = tipo da Igreja Fiel, que está dentro da casa, ouvindo a voz do Pai, sabendo que a revelação tem o seu momento para se cumprir. Ela já possuía a revelação e continuava atenta ao que Isaque (na figura do Pai) dizia e isso era tudo o que ela iria transmitir ao seu filho Jacó, a fim de dar a ele o recurso para ele ter acesso à bênção do Pai:

Gen 25:23 – “… o maior servirá ao menor.”

Gên 27:5 – “E Rebeca escutou quando Isaque falava ao seu filho Esaú”;

 

AÇÕES DE REBECA NO PREPARO DO ALIMENTO

Rebeca estava atenta ao que Isaque estava falando, ouvindo aquilo que o Pai falava com o primogênito. (Gen. 27:5) – “E Rebeca escutou quando Isaque falava ao seu filho Esaú…”

Aplicação profética: A igreja fiel está atenta á vontade do Pai, e, por isso, tem a orientacao sobre aquilo que agrada ao Pai. (Gen.27:6) – “Então falou Rebeca a Jacó seu filho, dizendo:”

Quando estamos dando ouvdos àquilo que o Pai fala, estamos em condições de preparar o alimento com o qual nos apresentamos diante do Pai em adoração e recebemos a benção dEle.

Sabemos a vontade do Pai quando damos ouvidos àquilo que o Espirito Samnto revela às nossas vidas.

Duas ações partem de Rebeca, porque ela discerniu que a profecia “o maior servirá o menor”, estava para se cumprir naquele momento:

1.     A preparação do alimento para Jacó levar ao Pai, que era do sabor que agradava ao Pai

2.     O recurso colocado na mão de Jacó para ele se apresentar ao Pai.

 

ALIMENTO PREPARADO: O ENSINO, A DOUTRINA

Rebeca, na figura da igreja é quem indicou que o alimento que agradava a Isaque era o sacrifício dos dois cabritos.

 

Aplicação Profética:

O Espirito Santo tem nos revelado também que o alimento que apresentamos ao Pai como agradável a Ele é aquele produzido pelo sacrifício do Cordeiro. Isso fala do clamor pelo sangue de Jesus que quando fazemos, a partir dali estamos em condições de apresentar a Deus a adoração que agrada a Ele e assim recebemos a sua benção.

Somente Rebeca sabia preparar o alimento que agradava a Isaque, pois ela conhecia a profecia e estava atenta ao que Isaque falava com o primogênito. Ela orientou a Jacó porque já sabia àquela altura que Esaú já tinha menosprezado a benção da primogenitura e que Jacó havia lutado por ela.

Gên 27:9 – “Vai, agora, ao rebanho e traze-me de lá dois bons cabritos; e eu farei deles um guisado saboroso para teu pai, como ele gosta”;

Gên 27:14 – “E foi, e tomou-os, e trouxe-os à sua mãe; e sua mãe fez um guisado saboroso, como seu pai gostava”.

Aplicação profética: Nós, na condição de igreja fiel de Jesus, temos da parte do Senhor o alimento que é o ensino, a doutrina. A mensagem de salvação é a doutrina da igreja. O sacrifício do cordeiro é a grande doutrina do clamor pelo sangue de Jesus.

Quando Rebeca prepara aquele alimento e entrega a Jacó para oferecer ao Pai, ela assume a figura da igreja que prepara tudo o que deve ser oferecido ao pai para levar o pecador a Ele.

Na condição de pecadores, nós chegamos à presença do Pai somente através do cordeiro.

O sabor do guisado que agrada ao Pai é porque esse sabor vem do sacrifício do Cordeiro de Deus

Top