Lição para CIAs – 16/03/2014

2ª. Aula para Escola Bíblica – Ester

(Obs: 1ª. Aula do Semário)

Data: 16/ 03/2014

Assunto: Ester

Texto: Ester – capítulos 3-8

 

“E para os judeus houve luz, e alegria, e gozo, e honra. Também em toda a província, e em toda a cidade, aonde chegava a palavra do rei e a sua ordem, havia entre os judeus alegria e gozo, banquetes e dias de folguedo; e muitos, dos povos da terra, se fizeram judeus, porque o temor dos judeus tinha caído sobre eles”. Ester 8:16-17

 

Introdução

O livro de Ester conta de uma carta muito ruim que a própria rainha Ester recebeu. Imaginem uma rainha rica, poderosa recebendo uma carta ruim. O que ela faria? – Ah, chamaria a polícia para prender todo mundo que havia mandado a tal carta, ela choraria, gritaria, afinal ela era a rainha. Mas Ester não fez nada disso.

QUEM ESCREVEU TAL CARTA? – Ester 3:8

Hamã era o nome do primeiro ministro do rei Assuero, que era casado com a rainha Ester. Hamã odiava o povo de Deus e queria destruí-lo. Já pensaram?

O Senhor Jesus, no Evangelho de João 10:10 diz: “O ladrão (que é o inimigo) não vem senão a roubar, a matar, e a destruir…”. Então este Hamã representa o inimigo das nossas almas. Ele foi ao rei Assuero, levantou acusações mentirosas, disse ao rei que existia no reino um povo que não obedecia ao rei, que possuia leis diferentes e precisava matá-los para não estragarem um reino tão bom.

O rei acreditou, pois confiava que ele era bom, mas Hamã era enganador. Assim enviou uma carta com a lei do Rei para que se matasse todo o povo de Deus.

Vejam: Crianças, jovens, velhos, todo mundo iam morrer. Que carta horrível!

 

MARDOQUEU ENVIA UMA CARTA À RAINHA ESTER – Ester 4

Mardoqueu criou Ester com muito amor e ela obedecia a ele em tudo e Mardoqueu sabia de tudo o que se passava no meio do povo.

Ester chamou o Chefe da Guarda, que se chamava Hataque, e perguntou a ele o que estava acontecendo.

Hataque disse à rainha: – Eu trouxe a carta que já foi mandada da fortaleza de Susã a fim de que os correios (naquele tempo usavam cavalos treinados) comuniquem-se, em todo lugar, e marquem o dia em que devem matar os judeus.

A rainha, quando leu aquela carta, ficou muito triste, consternada (desolada, chocada).

 

O QUE DIZIA A RESPOSTA?

Então a rainha respondeu a Mardoqueu: Não posso ir ao Rei sem ser chamada, porque se ele não me atender, eu serei morta.

 

MARDOQUEU MANDOU CARTA RESPOSTA À RAINHA

Rainha Ester, se você não for não pense que viverá porque Hamã deve saber quem você é, filha de Mardoqueu e ele me odeia porque eu não me curvei diante dele. Disse mais: Toda a casa do teu pai também morrerá. Pense bem! “Quem sabe se para tal tempo como este chegaste a este reino?”

Deus pode levantar outra pessoa, mas a rainha não terá esta bênção de ter sido usada em tão importante coisa.

 

Antes de continuar devo explicar que cada servo(a) de Deus tem um Hamã para maltratá-lo, mas também tem um Mardoqueu para defendê-lo e avisar do mal.

 

Assim já sabemos: Hamã é tipo do inimigo nosso e Mardoqueu é tipo do Espírito Santo, que nos avisa de toda maldade.

Ester é tipo da igreja que ouve a voz do Espírito Santo, obedece e é livrada deste mundo que quer nos levar para a morte.

Que grande ensino é este! Ester mandou carta para Mardoqueu dizendo: Eu irei ao rei.

Mandou todo o povo, que é corpo, jejuar, orar durante três dias por ela, para que Deus desse um grande livramento, porque os correios já haviam se apressado. Vamos clamar! Disse ela. No palácio eu e as minhas moças faremos o mesmo.

 

TERCEIRO DIA, DIA DE VITÓRIA

Ester foi ter com o rei. Ele estendeu para ela o cetro de ouro e ofereceu à rainha, que estava muito bonita, com suas vestes reais, dar o que ela quisesse.

Já pensaram que bênção? Ela alcançou vitória pelo jejum, oração e obediência a Mardoqueu, porque a Palavra diz que, mesmo sendo rainha, ela obedecia como quando era pequena.

 

OS BANQUETES DA RAINHA ESTER

Ester planejou dois banquetes e convidou somente o Rei e Hamã. Ali o Rei disse: “Qual é a tua petição, rainha Ester? E se te dará. E qual é o teu desejo? Até metade do reino, se te dará”. Ester 7:2.

 

A RESPOSTA DE ESTER

Ester 7:3 – Respondeu: “Se, ó Rei, achei graça aos teus olhos, e se bem parecer ao Rei, dê-se-me a minha vida como minha petição, e o meu povo como meu desejo”.

Ela disse: É que eu e o meu povo estamos sendo vendidos, não como escravos, mas para nos destruírem, matarem, nos lançarem à morte mesmo.

O rei ficou admirado: – Rainha Ester, quem é esta pessoa que tem um coração tão mau a este ponto?

Ester aponta para Hamã e diz: – É este mau Hamã.

Hamã ficou apavorado.

Harbona, um dos guardas disse: – É mesmo rei, pois ele preparou uma forca para nela pendurar Mardoqueu. O rei disse: – Seja ele pendurado nela.

 

DEPOIS DOS ATOS DE PODER DE DEUS SEGUEM-SE OS LOUVORES

O rei tirou o anel do dedo de Hamã e o deu a Mardoqueu e o fez Primeiro Ministro em lugar de Hamã.

E a sentença de morte que estava sobre o povo?

O rei disse: A lei não pode ser anulada (eliminada), mas chamem apressadamente os correios e mandem cartas, muitas cartas, ao povo todo dizendo que o Rei permite que os judeus se defendam.

Assim a lei de morte virou lei de vida e houve muita alegria e quem não era judeu quis ser, porque viu a bênção deles.

“E uma cópia da carta seria divulgada como decreto em todas as províncias, e publicada entre todos os povos, para que os judeus estivessem preparados para aquele dia, para se vingarem dos seus inimigos.” Ester 8:13.

As cartas chegaram trazendo muita alegria.

Mardoqueu saiu da presença do rei vestido com veste especial azul e branca, e uma coroa de ouro na cabeça!

Houve luz, alegria, gozo, honra!

Aonde a notícia de vida chegou foi muito comemorada. Banquetes, alegria, crianças saíram das casas libertas do medo da morte. Uma bênção!

 

MARDOQUEU DECRETA UMA ORDEM

Cartas boas foram mandadas por ele a todos dizendo: Ninguém pode esquecer este dia. Ele será para sempre comemorado. Se alguma família for pobre, outros ajudarão porque é para agradecer e louvar a Deus por tão grande ato do Seu poder.

 

BELA HISTÓRIA DOS ATOS PODEROSOS DE DEUS

Ninguém que foi, pelo Senhor Jesus, salvo da morte eterna, do inferno, pode esquecer esta bênção. Tem a alegria no coração e outros vendo isto, também querem ser salvos. Aleluia!

 

Encerrando, vamos lembrar:

·     Hamã – inimigo.

·     Mardoqueu – fala dos atos de vigilância dele pelo povo. Hoje o Espírito Santo faz esta obra.

·     Ester – a igreja obediente dirigida pelo Espírito Santo.

·     Rei – na figura espiritual de rei, governo, fala do Pai e Filho sempre prontos a tornar a ordem de morte em ordem de vida.

 

Quem aceitar Jesus passou da morte para a vida.

Cada um que pertence ao Senhor Jesus tem a vida eterna e não a condenação da morte eterna

Top
Leia o post anterior:
Estudo para Senhoras – 19/03/2014

REUNIÃO DE SENHORAS – 19.03.14 ASSUNTO: O FRUTO ALCANÇADO ATRAVÉS DOS MEIOS DE GRAÇA TEMA: AS ARMAS ESPIRITUAIS “Porque não...

Fechar