Reunião de Senhoras – 10/09/2014

ASSUNTO: A Palavra de Deus como instrução para a vida eterna.
TEMA: O Caminho – “Jesus”
TEXTO: Provérbios 22.6

‘’INSTRUI O MENINO NO CAMINHO EM QUE DEVE ANDAR, E, ATÉ QUANDO ENVELHECER, NÃO SE DESVIARÁ DELE. ’’

INTRODUÇÃO

No livro de Provérbios, o Espírito Santo, através do rei Salomão, nos traz muitos conselhos de vida e de paz. E aponta um caminho, uma direção, fala de uma salvação que é dinâmica, Jesus – ‘‘… Eu sou o caminho, e a verdade e a vida… ’’ – João 14.6

Viver esta salvação é andar no caminho que nos conduz à vida eterna. O desejo de todos que receberam Jesus como seu salvador é que outros sejam participantes desta benção, quanto mais àqueles que o Senhor nos deu, nossos filhos e os filhos de nossos filhos.

DESENVOLVIMENTO

Mas uma coisa é necessária que é o instruir, esta expressão biblicamente quer dizer: dedicar, ensinar, indicar o caminho.

Esta instrução é para que o Espírito Santo encontre um terreno fértil para realização de sua obra.

O Senhor ensinou o povo de Israel a guardar a sua Palavra e a intimar a seus filhos para que O conhecessem e temessem o seu grande nome. – Deuteronômio 6

O temor ao Senhor é o princípio da sabedoria, é o nosso desejo sermos sábios e agradáveis a Ele, é andarmos segundo a sua Palavra, segundo o seu querer. É viver cada instante sentindo a sua presença.

Instruir, dedicar os nossos filhos ao Senhor é apontar a eles a fonte da vida.

Este momento que antecede a volta do Senhor Jesus, é a última hora, hora de trevas. É momento de estarmos atentos aos nossos filhos para que não se percam sendo influenciados por este mundo e para que não se desviem do caminho estreito da obediência.

CONCLUSÃO

O Senhor deu esta honrosa função de instrui-los, e de apresentarmos a eles este Deus maravilhoso e fazê-los conhecer este único caminho. Leva-los à santificação através da Palavra do Senhor, a viver em conformidade com ela, sentindo alegria em servi-lo, o prazer de temê-lo e desde já viver o gozo da eternidade. – Romanos 12.2

Somos falhos, mas contamos com a preciosa companhia do Espírito Santo para nos ajudar.

Quando desde o ventre e depois de nascerem e daí por diante, oramos, cantamos, lemos a Palavra, falamos deste Senhor e com o nosso testemunho uma semente eterna está sendo plantada. Uma palavra de vida.

Que a Palavra de Deus possa ter em nossos corações, nas nossas casas e em nossas vidas tal importância, que todos que tenham contato conosco vejam a luz do Senhor refletida em nós.

Tudo pode passar e perder valor, mas a Palavra do Senhor permanece para sempre e ela nos garante que se andarmos neste caminho, Jesus, herdaremos a vida eterna.

“Tão-somente guarda-te a ti mesmo e guarda bem a tua alma, que te não esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e se não apartem do teu coração todos os dias da tua vida, e as farás saber a teus filhos e aos filhos de teus filhos.’’ Deuteronômio 4.9

Top
Leia o post anterior:
..:: Semana Madrugada ::.. OBRA NO EXTERIOR – Setembro/2014

Fechar