Reunião de Senhoras – 13/11/2013

ASSUNTO: ALIANÇAS FIRMADAS POR DEUS COM OS HOMENS
TEMA: ALIANÇAS COM MOISÉS E DA TERRA
TEXTO FUNDAMENTAL: SALMOS 105:7 e 8

  • FALAR DO DESEJO DE DEUS EM ESTABELECER ALIANÇAS COM O HOMEM
  • FAZER APLICAÇÃO PROFÉTICA

LEITURA DO TEXTO:
“Ele é o Senhor, nosso Deus; os seus juízos estão em toda a terra”. “Lembra-se perpetuamente do seu concerto (ALIANÇA), da palavra que mandou, até milhares de gerações”.

INTRODUÇÃO

ALIANÇA: significa pacto, acordo, combinação, assumir responsabilidades.
Desde a criação Deus busca se revelar ao homem de diversas formas e em diferentes épocas, com o objetivo de relacionar com ele e trazer o homem de volta a sua condição de vida eterna, perdida no Édem pela desobediência (pecado).
Movido pelo Seu grande amor Deus faz ALIANÇAS com o homem.
O homem ao longo das gerações quebrou as ALIANÇAS pela sua infidelidade e pecado, mas Deus permaneceu Fiel não desistindo do homem, obra das Suas mãos, fazendo novas Alianças com gerações após gerações, pois Seu grande objetivo e ter o homem resgatado na Eternidade, em moradas eternas já preparadas por Ele.

  • ALIANÇA COM MOISÉS: Êxodo 19:5 e 6

O Senhor chamou Moisés para subir ao monte Sinai (Horebe) e ali deu a ele várias orientações e novamente faz uma Aliança, agora com Moisés e o Seu povo. Nesta Aliança o Senhor quer que Moisés mostre ao povo que a vontade Dele e ter um povo que seja Sua “propriedade peculiar dentre todos os povos”, ”um reino sacerdotal e povo santo”.
Moisés desce do monte Sinai cumpre as orientações do Senhor de santificação do povo. O povo obedece e no terceiro dia, ao amanhecer, houve relâmpagos e trovões sobre o monte, e uma espessa nuvem, e um sonido de buzina muito forte, e o céu estremeceu. (Ex 19:16)

Moisés leva o povo para fora do arraial ao encontro de Deus, e todo monte Sinai fumegava porque o Senhor descera sobre ele em fogo, e o monte tremia, e grande era o sonido da buzina, e todo povo viu que o Senhor estava naquele lugar.
O Senhor chama a Moisés em voz alta para que ele suba ao monte. (Ex 19:17-20). O Senhor renova e relembra a Moisés as Alianças feitas com Abraão, Isaque e Jacó (Ex 6:3). A terra de Canaã seria deles; o Senhor seria o único Deus de Israel. O povo assumiria o compromisso de guardar as palavras do Senhor e todos os Seus estatutos, que foram dados a Moisés.
O povo firma a Aliança com Deus, após ouvir de Moisés todos os estatutos e ordenanças do Senhor e “responderam a uma só voz, e disseram: Todas as palavras que o Senhor tem falado faremos” (Ex 24:3).
Deus é Fiel eternamente a Aliança feita com Abrão, Isaque, Jacó e renovada com Moisés.

ALIANÇA DA TERRA PROMETIDA: Deuteronômio 29:1 e 13 / 30:2, 3,9 e 10

Após o concerto (Aliança) feito com Moisés no monte Sinai (Horebe), o Senhor ordenou a Moisés na terra de Moabe, que fizesse com o povo um novo concerto (Aliança).
Moisés relembra ao povo todas as maravilhas operadas pelo Senhor desde a saída do Egito até chegarem à Terra Prometida, fala do perigo da contaminação com a idolatria, das bênçãos para os fiéis e das maldições para os desobedientes, decretadas pelo Senhor. “Guardai, pois as palavras deste concerto, e cumpri-as para que prospereis em tudo quanto fizeres” (Ex 29:9).
Deus fez esta Aliança da Terra Prometida com Abraão, quando o tirou de Ur dos Caldeus e disse que o levaria para uma Terra que Ele mostraria. Esta Aliança foi reafirmada com Isaque, Jacó e com Moisés. Josué, agora a frente do povo hebreu entra na Terra Prometida, mais uma vez Deus é fiel com seu povo e a Aliança é cumprida. (Dt 26:8 e 9)

APLICAÇÃO PROFÉTICA

Josué e Calebe foram espias, que pela fé creram na fidelidade de Deus, na Aliança feita com Abraão, Isaque, Jacó e renovada com Moisés, e entraram na Terra Prometida, terra que mana leite e mel.
A igreja fiel do Senhor também aguarda a entrada na terra prometida, a Jerusalém Eterna, morada do Nosso Deus, pois Ele fez conosco uma Aliança Eterna através do sangue do Cordeiro, seu Filho amado Jesus, que foi até ao Calvário e derramou na cruz o seu sangue, o sangue da nova e eterna aliança, o qual nos abriu o novo e vivo caminho de volta a Eternidade, junto ao Nosso Deus (Lc 22:20; Hb 10:19 e 20). Ele nos prometeu preparar moradas no céu (Jo 14:2 e 3).
E assim como foi no passado, os fiéis entraram e possuíram a Terra, nós também entraremos na Jerusalém Celestial. (Ap 21:2).
Nós, os que nos conservarmos fiéis a esta Aliança em Jesus, entraremos na Jerusalém Eterna pelas portas, andaremos nas ruas de ouro, contemplaremos a árvore da vida, o rio puro da água da vida, claro como cristal. Nunca mais veremos noite, pois a glória de Deus ilumina a cidade e o Cordeiro é a sua lâmpada e cairemos aos pés do Nosso Salvador.
Este é o nosso maior desejo, contemplar sua face, e para sempre habitar nesta cidade onde não haverá mais dor, tristeza, lágrimas, só haverá alegria, canto de júbilo e louvor e gozo junto ao nosso Deus.
“E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe”. (Ap 21:1).

Top
Leia o post anterior:
Cartas

Texto: Filemon (todo o capítulo 1) Assunto: CARTA DE PAULO A FILEMON Data: 10/11/2013 Introdução No tempo do apóstolo Paulo...

Fechar